segunda-feira, abril 03, 2006

Ai que Raiva!

Descer escadas a tropeçar e cair quando chegámos ao último degrau. Ouvir a nossa música favorita e a meio o cd estar riscado. Apanhar uma molha gigantesca e quando chegamos ao nosso destino para de chover. Ter um compromisso e desmarcarem-no à última hora. Estares a terminar um trabalho que achas que é o melhor que fizeste até à data e depois teres uma ideia criativa que estraga tudo (mais valia ter ficado quieta). Estares cheio de sono e aparecer um mosquito a zumbir (é mais zombar) à volta dos teus ouvidos. Saires de casa e ao acabares de fechar a porta lembrares-te que deixaste as chaves lá dentro. Tirares uma fotografia num daqueles dias em que estás com cara de quem ainda não saiu da cama. Ficares numa sala de espera com uma pessoa que não se cala. Estares de mau humor, sem vontade de falar e todos te perguntarem o que tens. Acabares de escrever um texto e fechar o programa sem o gravar (é o cúmulo mas para uma pessoa distraida é o mais provável que aconteça). Faltar a luz e não te lembrares onde deixaste a porcaria dos fósforos. Falar ao telefone e lembrares-te que tens comida ao lume (esturricada)! Estares muito cansado e surgir um trabalho de última hora. Comprares uma roupinha nova que achas muito catita e manchá-la com lixívia. Esqueceres-te de gravar o teu programa favorito, quando te tinhas lembrado de o fazer há uns segundos. Darem-te a canção do bandido, tu a mostrares que já o percebeste há muito e a ser indiferente e mesmo assim não terem vergonha na cara e continuarem. Encontrares uma pessoa que julgavas nunca mais voltar a ver e descobrir que não te é tão indiferente quanto querias que fosse. Querer dizer adeus e não conseguir...
Bem, já tirei isto do sistema. Têm mais alguma sugestão?

4 comentários:

pedribeiro disse...

Chill!

Pássara disse...

Pois e quando levas o chapéu de chuva e carregas com ele o dia todo e depois não chove? E quando tens um trabalho todo feito e até gravaste e o computador dá-lhe qualquer coisa e não guarda nada? E quando gostas muito de uma pessoas e não consegues ficar zangada com ela quando te faz algo? E quando sais de um exame e lembraste da resposta à ergunta que não respondeste? Continuaria aqui aé ao fim do dia a dizer coisas que nos irritam, mas que são inevitáveis!

Nekynho disse...

Falta-te aquela raiva que nasce quando se quer atropelar o gato da vizinha e não se consegue lol
Bom resto de semana :o)

Alien David Sousa disse...

Ir ao dentista apensar que nos vão remover o sizo e sair de lá com uma placa!