quarta-feira, fevereiro 15, 2006

Vive um pouco

Vive um bocado, mas só um bocado. Se viveres em demasia coisas terríveis podem suceder. Agora não me ocorre nenhuma (embora deva ter razão). Sim porque: estar de férias e, em vez de se aproveitar para pôr os estudos em dia se esquecer o trabalho é o completo sacrilégio. É escandaloso descansar nas férias! Ir para a borga, todos os dias!! Viver à base de cafeína para aguentar as noites!!! Temos de ter um pouco de vergonha na cara, só um pouco. Afinal, haviam trabalhos importantissímos para entregar e nem por isso fizemos directas. Só que havia sempre aquele dia em que o não sei quantos telefonava a perguntar se não queriamos ir beber um cafezinho, sabem, só para relaxar um bocadinho e cediamos à tentação. No dia seguinte, era andar aos caídos, podres de cansaço e com umas olheiras brutais. É claro que não nos podiamos queixar porque "quem corre por gosto não cansa". Além de que tomámos a decisão consciente de ir para a borga sabendo que no dia seguinte teriamos um qualquer compromisso profissional importante. E agora de férias? Talvez os remorsos falem mais alto. Talvez fiquemos todos em casa fechados, como bons meninos obedientes esperando pacientemente pelo começo do trabalho. A diversão? Essa vai ter de esperar. Só faltam uns meses até às férias grandes de Verão. Aí podemos divertir-nos como não fizemos durante o resto do ano. Vocês sabem, aquela coisa de sair e tal... Ou então não. Podemos viver agora, fazer aquilo que nos apetece e porque nos apetece. Com um pouco agilidade conseguimos cobrir a agenda e descobrir uns buracos onde encaixar um momento de diversão. Porque, não sei, talvez mereçamos um pouco mais do que uma vida atolada em trabalho e carregada de "e se." "E se eu tivesse ido àquele sitio? Era capaz de ter sido giro. Oh, fica para a próxima." E que tal, viver agora? Só um pouco?

3 comentários:

negative creep disse...

pois é. é só borga. tanto faz tar de férias como serem dias de trabalho, não importa. bem eu nas férias não descanso, não é todos os dias borga mas só pq não dá. pq enquanto tou de férias há pessoas com escola, faculdade ou trabalho...

Spitfire disse...

Desde que começei a trabalhar a tempo inteiro (e ainda mais neste escritório) as folgas, os fins de noite e todos os outros pedacinhos livres são para "borgas" com os amigos. Só quando não se tem tempo é que se quer tempo... quando o há, aproveito-o tão bem quanto me é possível... até mesmo com os colegas de trabalho (que eles são bem piores que eu), há coisas que o trabalho não merece que abdiquemos.

R!TX!Nh@ disse...

peso na consciencia por nao ter xtudado?! k é ixo? eu nc senti nada parecido.. é so a toda a hora.. :( opto sp por fazer tudo menos xtudar, organizar apont, ler sebentas.. fogo, tou na idade de me divertir e dormir ate tarde, tento sp aproveitar.. dp os xtudos ficam pa vespera e tal.. qd vejo as notas, as lagrimas qs saem pelos olhos e digo pa mim: "pa proxima vou começar a estudar + cedo!" qts X tb ja dixe isto pa mim? e dp volto sp ao mm... a preguiça tb nao me larga e eu mm sabendo k tenho certas obrigaçoes opto por fazer tudo menos xtudar.. tenho k aprender a conciliar as coisas pk a minha agenda é 90% parodia e 10% estudo e outras "obrigaçoes".. axo k me ando a divertir de + lol... dp lixo-me :(