domingo, fevereiro 26, 2006

Falemos do Carnaval

...ou então posso mudar de ideias e não falar o assunto. Porque pura e simplesmente não gosto. E porque ele é os homens de bigode farfalhudo mascarados de mulher, (vá-se lá saber porquê) e com os seios maiores que a maioria da população feminina portuguesa. Não quero falar sobre isso, (escreva-se sobre fetiches em outra altura). Também podia, sei lá, referir alguma coisa sobre o facto do nosso querido Alberto João Jardim este ano não desfilar no cortejo para "não dar espectáculo", ou sobre as portuguesas seminuas que demonstram uma habilidade para sambar que me escapa... Não, hoje não digo nada sobre o carnaval. Já tudo se escreveu e tudo se disse. Vou ser muito original, não escrever nada sobre o assunto e manter-me firme nesta minha posição. Desculpem lá se não acho a ocasião interessante embora saiba que vocês a adoram e até se tencionam mascarar e mandar serpentinas e pregar partidas com ovos podres e balões de água e... É por isso que nem sequer toco neste tema, não vale a pena. E não é engraçado ir a festas em que o pessoal vai mascarado. Isso já todos o fazem todo o ano. Desconfio que quem o faz está a libertar a criança dentro de si. Em alguns casos prefiro que não o façam. É recordar as máscaras do Bush e do Bin Laden, (fale-se sobre brincadeiras de mau gosto noutra ocasião). Por estas razões não tenho a mais pequena vontade de referir a ocasião, é aborrecido é... apetece-me praguejar e disparatar com alguém porque essa gente não consegue referir duas frases seguidas sem falar no tema. Irra!
PS: Ora, cumpri o meu objectivo: não escrevi sobre aquilo que disse que não ia escrever!Este post ficou bem estranho. Estou pouco inspirada... Efeitos do Carnaval.

5 comentários:

js disse...

...creio que neste carnaval poucas são as pessoas que têm vontade de brincar... cada vez se perde mais a tradição carnavalesca ...será porque o carnaval não é uma das importações do EUA ...tipo dia de S. VAlentim ou Dia das Bruxas?...
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt e http://mprcoiso.blogs.sapo.pt

mitsu disse...

se n gostasses de festas dessas n ias a nenhuma....(ag tou a ser mazinha)

Nomyia disse...

minha cara mitsu hás-d me dizer onde é que eu disse que não ia a nenhuma;)
*****

Pássara disse...

oi! cá estou eu mais uma vez de acordo contigo, o Carnaval liberta a criança que cada um tem dentro de si (mas também a mulher que o homem tem dentro de si)! Apesar de gostar do Carnaval, não critico quem não gosta, e também acho que a tradição carnavalesca já não é a mesma, assim como tantas outras!
até à póxima!

Racas disse...

Eu cá gosto bué do Carnaval! Este ano mascarei-me de vampira. Eu divirto-me imenso no carnaval :)