segunda-feira, fevereiro 20, 2006

Sobre filmes de terror

Não me lembro do último filme de terror que me meteu mesmo medo. E a maioria dos meus amigos também não. Não somos assim tão velhos. Em anos do Homem até somos bastante novos mas isso não significa que não tenham passado pelas nossas vistas um milhão de filmes com origens dos anos 70 e até ao momento presente. É claro que todos nos lembramos daquele filme que vimos meio às escondidas dos pais, em que o risco e a transgressão é maior fonte de orgulho do que o filme alguma coisa de jeito. No meu caso sei que foi o primeiro filme da saga Alien. Não vou começar a tecer considerações sobre a qualidade do filme mas posso dizer que o vi quando teria uns 7/8 anos e às duas da manhã (tirem daqui as conclusões que quiserem). E não, também não me lembro porque estava acordada a essa hora. Para alguns pode parecer absurdo mas para uma criança é uma espécie de rito de passagem. "Ena, vi um filme de terror sem os meus pais saberem!" E andamos a dizer ao resto da criançada o nosso feito, só omitindo as semanas de pesadelos que se seguiram a partir daí (ups). Os pesadelos, como tudo na vida, acabam por esmoreçer e morrer. Ainda os temos, mas já não são provocados por filmes, têm causas mais profundas que não compreendemos e, muito provavelmente nunca iremos compreender. Agora? Assistimos a imensos filmes, (não há ninguém a dizer-nos o que podemos ou não ver) só que o enredo, e é caso para perguntar: qual enredo?, é do mais simples e repetitivo que há. Que atire a primeira pedra quem não viu um filme em que uma familia se muda para um casarão no campo, para começar uma nova vida e que por acaso, (só por acaso) estava assombrada?... Pois, foi o que achei. Aquela primeira emoção que sentimos, aquele primeiro susto desapareceu. Já nada mete medo, é tudo igual, tudo esquecido. Que aconteceu ao pular da cadeira e agarrar o braço da pessoa ao nosso lado?

5 comentários:

Ritxinha disse...

ola!! uau! ñ sabia k tinhas este jeito todo pa escrever.. e inda nao li tudo! ate diria k te safas melhor k eu.. :) em relaçao aos filmes de terror, é bem verdd.. em crianças temos sp akele medo, ms dp orgulhamo-nos por termos visto um filme de terror às escondidas! hehe axo k o primeiro k vi foi o "exorcista" em casa de uma amiga minha.. ms ja tinha os meus 9 anos. tb me lembro mt do filme "cemiterio vivo".. nao me lembro da historia ms lembro-me de ter sido um dos 1ºs k vi.. tenho k o rever. com o tempo os filmes de terror vao deixando de meter medo, pk realmente as histórias tornam-se mto repetitivas e nós acabamos sp por saber o k vem a seguir, o que vai acontecer.. ja nao nos surpreende, por isso tb ja nao nos assusta! bahhh!! têm k melhorar isso.. eu sou fã de filmes de terror ms axim paxo a ver mais outro estilo de filmes... beijinhos e continua com o teu blog k eu gostei do k vi! ;)

Racas disse...

Oiê!
Pois é, eu adoro filmes de terror. Ou pelo menos adorava. O primeiro que vi foi o Silencio dos Inocentes, era bem pequena. Aquilo pa mim deu direito a ter medo do que estava no escuro! Agora já não claro... o último que vi e que me "assustou" um bocado foi o The Ring 1. Eh pah, a cena em k a miuda tá a sair do poço e dps sai da televisão... arrepiei-me. Outro filme que me fez pensar "ai socorro mas o ké isto??" foi o Planeta dos Macacos. Sim, eu sei k não é terror, mas é que havia lá um macaco horrivel! fazia sons estranhos e pulava e tinha uns dentes feios! era muito mau, eu detesto aquele macaco!
Macacao aparte, tens toda a razão. Os filmes de terror já nao sao terror... precisamos de um novo Hitchcok, é o que é. Já nao se aguentam esses das casas de campo assombradas e aqueles passados com jovens... que seca! Se bem que agora estamos mais numa onda japonesa.
Pode ser que um dia nos surpreendamos! :)

Beijoss!!

js disse...

...filmes de terror...imagens e jogos de computador de violencia...musica que incentiva acções hostis...é um padrão que a sociedade ocidental consome com imenso agrado...underground no top... depois ficamos escadalizados quando há violencia nas ruas de Paris... ou quando há ataques terroristas... que mentalidade estaremos nós a criar? será ela equilibrada?...ou terá dois pesos e duas medidas?...fica no ar estas questões...só para meditar...
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt e http://mprcoiso.blogs.sapo.pt

mitsu disse...

Olha já ag se n te importas faz ai 1 homenagem às comédias tb, afinal de contas o k é a vida se 1 boa gargalhada! ;D

pedribeiro disse...

Tens sempre o bom remédio de ver estes filmes: Hostel, Saw e Saw II.
É sucesso garantido!