domingo, março 12, 2006

O Carniceiro Morreu

O nome Friedrich Engel diz-vos alguma coisa? De certeza já ouviram o nome antes. Não? Este senhor era conhecido pelo sugestivo cognome de "Carniceiro de Génova". E agora, já sabem quem é? Era um antigo oficial nazi que terá participado no massacre de 59 pessoas na cidade de Génova em Itália. Morreu aos 97 anos sem nunca ter sofrido qualquer punição pelos crimes que cometeu.
E Slobodan Milosevic? Esta criatura têm de saber quem é! Morreu de causas naturais, também ele sem ter cumprido pena pelos seus crimes: era o "Carniceiro dos balcãs". Pronto, dois monstros morreram e os reduzidíssimos comentários que ouvi sobre o assunto resumem-se a isto: a humanidade nada perdeu. Não perdeu nada?! E que tal a memória? Dois homens provocam o mais profundo terror ao matar, mandar matar, torturar, incitar e incutir ódio e rancor em meio mundo e não têm direito a mais que umas míseras linhas? A comentários de fundo, em artigos de fundo ou em programas noticiosos a que poucos assistem? Não peço nem quero um elogio fúnebre mas exigo não esqueçer! Estamos no nosso pleno direito recusar-nos a ler uma notícia sobre as atrocidades praticadas. O que não é aceitável é que não possamos recusar esclarecimento se este, pura e simplesmente não existir! Que vergonha ou receios são esses que têm os governos e mais incompreensivelmente os meios de comunicação de social? Não é fonte de orgulho nenhum dizer que, não há muito tempo certos sujeitos tiveram acções horríficas relevantes para a história mundial. Mas não seria benéfico analisar os erros do passado para evitar que estes se repitam no futuro?
Enfim, se o inferno existir, eles deverão lá arder por toda a eternidade. Pois que não tiveram inferno em vida, que o tenham em morte.

4 comentários:

Pássara disse...

Sem dúvida o passado tem de servir para alguma coisa, nem que seja para não voltar a acontecer o mesmo!

Alien David Sousa disse...

Sabes que mais? Concordo contigo, é triste. Para os telejornais a gripe das aves, infelizmente, dá mais audiências do que uma peça bem feito sobre um desses dois senhores. E vou mais longe do que tu, se a RTP,SIC,TVI não o fizeram porque não seria possível enquadrar no seu plano, a SIC Noticias, deveria ter dado o exemplo. Tempo de antena não lhes falta, são 24 horas de informação, certo? Mas parece que nessas 24 horas não houve tempo ou espaço para como bem escreveste, relembrar o que estes dois monstros fizeram.
Fica bem

mitsu disse...

Bem sabes como é...esconde, esconde e pertence ao passado..blá blá blá. Plo - pa dizerem k o Milosevic se calhar morreu envenenado já tiveram temp de antenae mostrar o kto algumas pessoas (k na minha opinião ja eram demasiadas...a familia inda se admite, ag o resto...)o choraram etc
It´s a blind world sometimes, but to many times...

RPEDRO disse...

Carniceiros sempre houve, uns com mais projecção, outros com os media a trabalhar por eles e faze-los passar por santos.
Uma lista dos carniceiros da humanidade dava um blog com milhares de post por si só.
O inferno é a vida que levamos nesta terra...