quinta-feira, julho 16, 2009

REVOLTADA!

Há situações que me dão a volta ao estômago. E uma delas é a sensação de impotência. Eu vi, da janela do meu quarto, que dá para um quintal e um jardim mais ou menos em estado selvagem no qual crianças, especialmente, agora no Verão, costumam vir brincar, seis cães a perseguirem e atacarem um gato. Perseguiram-no, rodearam-no e foram-no atacando à vez até se juntarem todos num furor à volta do pobre bicho e o despedaçarem. Vi a cena e não consegui ficar impávida e serena. Telefonei para a Câmara Municipal de Odivelas na qual uma atrasada mental, (que aquele bicho do mato não tem outro nome), me disse que em Odivelas, somos quantos milhares mesmo? ah, já sei 130 mil! não temos um canil municipal, não temos ninguém para apanhar animais errantes e pior, perigosos. Pois que eu disse àquela estúpida que eram cães abandonados, pois não tinham coleira e num estado de magreza extremo que formaram uma matilha e que irão andar a percorrer os terrenos da cidade a fazer estas e outras. Ora, os bichos, que eu já os tinha ouvido, dormem naquele terreno e se for preciso ficam a ladrar toda a noite, mas isso é o menos. O PRINCIPAL e que a atrasada não conseguiu perceber é que aquele jardim é frequentado por crianças, e crianças pequeninas. É preciso a matilha deixar alguém gravemente ferido? Ou matarem uma criança? Pelos vistos sim, já que, em jeito de desculpa aquele estropício me disse que além de não terem nenhum organismo para tratar destas situações, o terreno nem é deles mas de Loures. Ora eu, que moro perto do centro histórico de Odivelas devo estar a ver mal as coisas que não sabia que o bocado de terreno nas traseiras da minha casa pertencia a outro concelho... Mais, os senhores que eu vejo da câmara municipal de odivelas que eu vejo, volta e meia ir fazer obras, nem sei bem de quê, devem estar a cometer alguma ilegalidade não? O terreno não é da competência da câmara de loures? Se calhar é para eles que tenho de telefonar para fazerem a recolha de ANIMAIS PERIGOSOS.
Ainda fui ao site da câmara municipal de odivelas para tentar descobrir algo ou alguém que possa atender a este caso, que eu não acredito que não exista ninguém para o fazer. Mais, hei-de escrever uma reclamação nada simpática. Creio que fiz o meu papel de municipe ao denunciar uma situação que prevejo muito perigosa doravante, não só para as crianças como para a população em geral que passeia naquele terreno. O mínimo que a Câmara podia fazer era tentar salvaguardar o bem-estar da sua população. Mas não há-de ser nada, depois do ataque ao gato um dos cães maiores virou-se a um dos de raça mais pequena e deixou-o a ganir. Já que a Câmara não faz nada pode ser que eles se matem uns aos outros não é? Pior, tenho pena de não ter ficado com o nome da estúpida que me atendeu o telefone, que é para quando acontecer algo GRAVE não virem dizer ou que ninguém denunciou a situação ou saberem o que me foi dito quando tentei alertar para este problema!

5 comentários:

john disse...

tsc tsc.

faz a coisa pelos meios devidos. abate tu mesma um desses cães, com algum requinte de malvadez. depois auto-denuncia-te aos pategos da associação Animal. é provável que tenhas uma ou duas complicações, como apareceres no blogue deles com o rótulo de assassina, ou, no pior caso, de te prenderem e de te fazerem uma lavagem ao cérebro até te tornares vegetariana. mas eles encarregar-se-ão dos canitos, acredita. há que protegê-los de gente perigosa como tu.

:)

Leandro de Sousa Bastos disse...

Quando cheira a problema as identidades superiores vêm sempre com a mesma conversa... "Ai, isso não é connosco!"... Sempre a mesma musiquinha! Faz lembrar a canalha quando faz alguma asneira, "Não fui eu! Foi a câmara de Loures!"

James Axe disse...

Neste casos a única solução e contactar uma associação que não pertença ao estado, como a sociedade protectora dos animais senão ninguém vai fazer nada até alguém ficar ferido e mesmo assim só se houver barulho da parte da imprensa, infelizmente este é o pais em que vivemos!!!

marta disse...

Arranja uma mangueira comprida, liga à torneira lá de casa e dá-lhes em cima quando lá voltarem. Se isso se faz a um gato indefeso! Bullys estúpidos!

E se seguirem na rua, faz cara de urso selvagem, para eles perceberem que não são os maiores!

Lu.a disse...

Ai que horror!Eu tenho uma gata e só de imaginar a cena que descreveste e a sensação de pânico desse gatinho até me deu a volta ao estômago!!!