sexta-feira, janeiro 16, 2009

O Português é lixado

Estava a ler as notícias do sapo (ora passem lá o chequezinho), quando deparei com esta notícia. Um acontecimento brutal que levou a uma condenação, na minha opinião merecidissima. Agora o que me espantou foi esta pérola do juiz: "Um homicídio ceifando a vida de uma pessoa é um crime muito grave". Ora se calhar até sou ignorante, não ponho totalmente de parte essa ideia, mas existem homicídios em que não se ceifem a vida das outras pessoas? Ou podem suceder casos de homicídio em que não se mate ninguém? Aqui fica a reflexão.

7 comentários:

Grão Vizir disse...

É algo peculiar como por vezes não se nota que se diz tamanhas calinadas no português ehehe

green_animal disse...

Isso depende da forma como foi dito... Se for assim tal como está escrito, está errado. Mas se ele tiver dito "Um homicídio, ceifando a vida de uma pessoa, é um crime muito grave", já está correcto, pois a parte entre vírgulas apenas reforça a ideia do que representa um homicídio! O Português é tramado :P

Alien David Sousa disse...

Será que ele se referia ao de um animal? :/

*****

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Boa pergunta :)!!

Beijo meu ♥,

A Elite

john disse...

Claro que há (ó santa ignorância). Nomyia, para sua informação, nem todos os homicídios "ceifam" vidas. Outros há que as "debulham". Ou que as picam aos bocadinhos. Há aqueles que as "interrompem" também. Estás a ver, é tudo uma questão semântica (e de dicionário de sinónimos).

:)*

Nomyia disse...

John: Realmente. É mesmo caso para dizer santa ignorância. Não tinha abordado o caso nessa perspectiva. Tens toda a razão. Vou só ali flagelar-me devido à minha ignorância!
:D
*****

ideiasdelirantes disse...

hehe!pergunta genial!