sexta-feira, maio 16, 2008

Mais um dia...

Acabou. O sol há muito que não brilha. A televisão está apagada porque não dá nada de especial nem há nada que queira ver, o barulho enerva-me. A rádio não toca, mas devia. Um qualquer mal de melancolia me entristece. E nem assim consigo deixar de volta e meia ir ao youtube ouvir as tais músicas que me fazem/fizeram sorrir e, agora por motivo nenhum me entristecem.
Sinto-me embrutecida, estou mesmo cansada, não apetece fazer nada de nada. Estou parva, numa reclusão voluntária. Apetece-me estar com gente e ao mesmo tempo não estar com ninguém. Não estou a fazer muito sentido. As palavras parece que saem como a vida, desgarradas. Ah e tal arranjei um trabalho que... é interessante me completa tanto quanto um trabalho o pode fazer e é duro e cansativo e divertido só que falta algo. Onde está o entusiasmo de viver? De acordar com um sorriso parvo nos lábios mesmo que não faça sol? Que estou a fazer algo que quero. Só qu'isto o mal é todo da cabeça que me grita no silêncio: "Quero maaaaaaais". Não amo nada nem ninguém, no sentido amoroso do termo. E também não tenho grande vontade de me mover nesse sentido. E se não chega que é que eu faço? Nada. Pois. Estamos bem. É apenas mais um dia que terminou e amanhã vou-me rir (talvez) do que agora me entristece...

2 comentários:

john disse...

it must be due to the weather, since the same is happening right here, right now. join the crowd and let's rock and party alone with everyone.*

Alien David Sousa disse...

Sabes que mais Nomyia, o final do teu texto diz tudo.

"e amanhã vou-me rir (talvez) do que agora me entristece..."

A felicidade não existe é um mito. O que existe são momentos de felicidade e quando chegarmos ao fim da nossa vida, a esperança é que ao fazermos a contabilidade os momentos de felicidade sejam em maior número do que os outros. Assim sendo, a tua frase faz todo o sentido: hoje, não correu bem,mas amanhã pode correr MUITO bem. Enganem-se aqueles que pensam que a felicidade existe, que algum dia vão encontrar um estado pleno de felicidade.

Beijinhos