domingo, outubro 07, 2007

Mais Arte?

Joel-Peter Witkin

Este senhor utiliza corpos, que por vezes vai buscar à morgue para as suas fotografias que são algo entre o surreal e uma imagem saida de um filme de terror. O fotografo já tem utilizado modelos vivos na mesma fotografia que cadáveres. Chamem-lhe o que quiserem: Sádico, oportunista, doente, artista... As suas criações tem sido palco de temas tabu e desconfortáveis para as pessoas: morte, sexo, cadáveres em decomposição... Os seus modelos: anões, transexuais, hermafroditas e pessoas com deformações.

Um dado a considerar: de acordo com o artista a sua visão foi muito influenciada por um acidente de viação a que assistiu quando era criança no qual uma rapariga foi decapitada! Mais fotos aqui.

PS: Versão do autor do quadro "As Meninas" de Velasquez.

7 comentários:

poca disse...

pois.. apesar de não ser grande fã reconheço-lhe o mérito..

Um Fox disse...

Uhm, cá para mim ele é mais um ganda maluco, cada um com a sua pancada...

mas k ele é artista isso é ;)

little_blue_sheep disse...

:)
interessante!!!
***

L.V. disse...

Por acaso reconheci o quadro para o qual remetia pk é 1 quadro de k gosto mto sem qualquer motivo em especial.
Quanto à opinião sobre o autor: não o acho um maluco, tarado ou outra coisa qualquer. Acho sim que tem e mostra uma perspectiva diferente das coisas. Se me choca? Aqui em imagem não mas talvez um primeiro impacto ao vivo com o quadro real sim.
De qualquer modo não condeno, antes pelo contrário porque há mta coisa que a sociedade sabe que existe e fecha os olhos e não faz nada. Isso sim para mim é chocante.

Amaterasu

Gemini disse...

Estive a ver as outras fotos e acho-o o máximo. Não queria estar nem a 10 metros dele ou dos motivos que fotografa, mas as imagens não me deixaram indiferente e, isso é o que considero arte.
bjos

Alien David Sousa disse...

Nomyia, a arte é algo muito subjectivo. Tenho de discordar com o meu querido Gemini, o facto de algo não me deixar indiferente não quer dizer que eu a considere arte. Já o mencionei antes, existe uma senhora que faz experiências com o seu próprio corpo. Realiza operações em si mesma, como por exemplo colocar cornos na sua testa entre outras coisas. Gravas estas operações para à posteriori as mostrar como peças de arte. A primeria delas, ela própria e depois os seus videos. Ora eu não fico indiferente a esta madame conhecida mundialmente, mas se me perguntares se considero aquilo arte. A minha resposta é: NÃO!

O mesmo se aplica a este senhor.
Não digo que a arte não deva tentar ultrapassar limites, agora temos semre de ter em atenção uma coisa. Também a arte está nos olhos de quem a vê, de quem a sente. E se eu olho para uma peça que não me é indiferente apenas porque me causa repulsa, isso não é arte, é um puro e simples elemento de choque.

Beijinhos

Gemini disse...

Prontos, confesso que fui excessivamente abrangente na minha "definição de arte", mas mantenho a ideia de que Isto é arte.
;) bjos